Nunca se deve retirar todas as cordas do instrumento de uma única vez, isso pode empenar (entortar) o braço do instrumento.O procedimento correto é trocá-las uma a uma, mas sempre troque o encordoamento completo

Não há uma estimativa quanto à vida útil das cordas, isso dependerá de vários fatores como, qualidade das mesmas, acidez do suor do músico, tempo de uso etc...

Quando elas vão ficando com a cor mais escura, perdem afinação, estão destemperadas é o momento de efetuar a troca, pois o processo de oxidação teve início e nada mais pode ser feito para revertê-lo.

Para adiar esse processo uma medida eficaz é utilizar um pano seco nas cordas, depois de usar o instrumento.